segunda-feira, 1 de julho de 2013

Como fazer Scrap quando se mora no interior (1) - Dicas Legais # 37

Bom dia, pessoal!
Tiveram um bom final de semana? Espero que sim!

Nossa!!! Acreditam que o último "Dicas Legais" que escrevi foi em outubro do ano passado? Faz é tempo, hein? Rs!

Quando me mudei para Piranhas-AL, foi um baque! Eu até comentei que iria fazer a experiência de morar no interior do interior, onde eu não encontrava nem mesmo tinta acrílica para vender e iria dividir com vocês as soluções de "sobrevivência" que eu encontrasse. Bom, acho que já tenho um "material" bom para, ao menos, começar as postagens! Rs!

Ah! Sei que tem muitas meninas que vivem a mesma situação. Então eu gostaria muito que essa não fosse uma postagem estática e limitada à minha experiência pessoal! Por favor, dividam suas experiências nos comentários! Tenho certeza de que vai ajudar muita gente!
Vou dividir em tópicos e vou comentando cada um. Certo?

1) Abuse do alternativo!
Acho que o ponto mais importante para você conseguir dar sequência aos seus trabalhos é ser criativo a ponto de lançar mão de materiais alternativos, mantendo a qualidade das peças.
Quando se usa o alternativo, é importante que o bom gosto prevaleça sempre!
Já falei muito sobre materiais alternativos aqui no bloguinho. Vale relembrar lendo a série de posts que fiz!

Ferramentas alternativas para o Scrapbooking
Materiais alternativos para o Scrapbooking

Também encontrei esse vídeo bem legal da Gabi Rowlands, onde ela fala sobre a procura de materiais para scrapbooking em locais diferentes do tradicional. Vale a pena conferir!


Eu, por exemplo, encontrei twine nacional à venda em mercados e vendinhas de minha cidade. A cor é sempre a vermelha, mas o precinho é excelente e o resultado não deixa a desejar em relação ao produto importado!
Portanto, fique de olho em mercadinhos, lojinhas de R$ 1,99, armarinhos, feira semanal (Isso mesmo! No interior, as feiras costumam vender de tudo! Até tecidinhos!!! Rs!)

Outra dificuldade que a gente sempre enfrenta em cidades pequenas é a aquisição de papéis decorados. Comprar pela internet, muitas vezes, esbarra com o frete muito caro (tema que será abordado em outro post), já que papel é uma coisa que pesa bastante. Comecei então a comprar kits digitais de papéis e imagens e, na hora do aperto, eu imprimo meus próprios papéis decorados (uso papel opaline/diplomata A4) e impermeabilizo com sprays próprios para foto (uso o fosco ou semi brilho da Acrilex). Mas,  se você trabalha com festas infantis e usa muito material, também pode investir numa boa impressora com tinta à prova d'água (DURABrite) e tanque de tinta (Bulk ink). Economia e qualidade de trabalho certeiros!

Aqui alguns projetinhos em que utilizei papel digital para substituir os decorados que eu não tinha no momento:

Os papéis xadrezes de ambos os projetos são digitais

Vejam também os maravilhosos projetos que a queridíssima Lange Barreto, cria com papéis digitais comprados e/ou criados por ela mesma, utilizando o scanner da impressora!


2) Aproveite cada centímetro/grama do que você tem!
Para quem vive nessa situação, desperdiçar é pecado!!! Rs!
Isso vale para papéis, tintas, fitas, alfabetos, tecidos...
- Deixe seus materiais à mostra. Você verá que tem muita coisa útil e linda, que ficava escondida e sem uso! Revisar sempre e etiquetar tudo também é válido!
- Aproveite seus retalhinhos de papel/tecido/fita para fazer lindas montagens em patchwork e assim você terá bases prontas quando precisar montar um projeto rapidinho!


Aqui estão alguns posts em que falo sobre aproveitamento de retalhinhos:
Reaproveitando retalhinhos de papel decorado - Amo PAP # 10
Materiais alternativos para o Scrapbooking # 5 - Dicas Legais # 30
Materiais alternativos para o Scrapbooking # 6 - Dicas Legais # 31
Vamos Liftar??? # 4

3) Reaproveite ao máximo!
Aqui, eu tenho muita dificuldade para conseguir papéis de alta gramatura, como o triplex, por exemplo. Descobri que algumas embalagens geradas aqui em casa são feitas com esse material. Assim eu as guardo e passo a ter o papel na hora em que eu preciso.


Isso serve para outros materiais também! Por exemplo, se vocês repararem bem, algumas embalagens são feitas com papel kraft. É só cobrir a parte estampada com papel decorado ou de presente, inverter o lado de fora para dentro, remontá-la e você terá uma belíssima embalagem Kraft para presentear! Mostrei um PAP desse bem aqui.

Bom... O post já está se estendendo demais...
Vou deixar para continuarmos conversando na próxima segunda-feira.
Ainda tem muito o que falar... Rsrs!

Beijo grande e uma semana abençoada a todos vocês!

5 comentários:

ANNA TORCHIA disse...

Ótimas dicas que servem para todos ...inclusive os que moram em cidade grande.....bjsss

Edilza Teixeira disse...

Oi Marcela!!!

Estou muito orgulhosa da sua postagem. Obrigada por compartilhar conosco todas essas dicas. Que Deus te abençoe sempre e lhe dê muita criatividade. Sempre passo por aqui, mas na segunda feira estarei de plantão!!! kkkk.....

Beijos e tenha dias abençoados e iluminados

Arte Sana Sonia disse...

Super dicas! obrigada

Solange Barreto. (Lange) disse...

Oi minha Flor!!!
Amo suas dicas, já aprendi um bocado com elas, adoooooro.
Obrigada por me incluir na sua postagem, muito generosa essa Amiga, rs rs rs.
Xero.

Lu - Babalu disse...

Dicas suuuuuper legais!!!
Beijos!

Related Posts with Thumbnails